Nome/Razão Social
Produto
Cadastros p/ UF Mun

Logon
Logoff
Me Cadastrar
Alterar meus dados
Colocar meu Link
Ver Links

Ver Cursos

Abelhas Nativas ASF
Espécies x UF

Colocar Pago
Colocar Grátis
Ver Anúncios

Abelhas Nativas ASF
Abelhas APIS
Outros Assuntos

Ver tópicos

Cadastrar / Enviar
Ver / Ler

Mala associativa
Mala comercial
Mala comercial HTML

Bloco de Notas
Favoritos
Últimos Cadastrados
Fornecedores
RSS

Minhas Receitas
Ver Receitas

Fale conosco
Convide um Apicultor

O Que é APISGUIA
Quem somos
Porque é Grátis
Porque me cadastrar
O que é COD-ID
CBA FED ASSOC.
Autorizações
Problemas eventuais

Estatísticas
Estatísticas 2
 
Visitas após 07/2005
4.106.046
IP: 108.162.219.4


Informativo - nº002 - Outubro de 2007 - roberto de a silva
Nome: roberto de a silva
Endereço: rua dos funcionários, 1559
Bairro: cabral
CEP: 80035050
Município - UF: Curitiba - PR
E-mail: MANDAR E-MAIL
- Informativo -

FEPA -FEDERAÇÃO PARANAENSE DE APICULTORES
Rua Marco Polo, 697 Bairro Alto - CEP 82820-260 – Curitiba – PR
Fepa2007@yahoo.com.br –0**41 -8803-8848 (A. Pegoraro)-0**41–9182-4467 L.C.
Chequim)
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Boletim informativo 02
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Senhores Presidentes e Apicultores.
Esse informativo visa atualizar algumas informações de interesse dos
Apicultores.
Em reunião da Diretória da FEPA foram examinadas as prioridades que devem
ser adotadas, ressaltando a regularização de débitos remanescentes Junto ao Tribunal de
Contas do Estado.
Situação financeira da FEPA frente ás dividas remanescentes. Inicialmente adotaremos
uma campanha para obtenção de fundos por doação em “Livro ouro” onde todas as
Empresas e Apicultores isolados poderão, contribuir espontaneamente a critério de cada
um , em uma conta especial ou diretamente com a Diretória da FEPA. O nome do doador
com o respectivo valor será registrado no “Livro ouro”.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Demonstrativo Financeiro da FEPA
Mês Saída Entrada: Adiantamento Adhemar Pegoraro
Julho 249,50 249,50
Agosto 52,00 52,10
Setembro 55,00 55,00
Total 356,5 356,5

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Loque Americana: Os proprietários de abelhas, em Quatro Barras, receberam liberação de
suas propriedades sendo que as mesmas são consideras livres de Loque Americana
(Paenibacillus larvae). Para fechar o foco ainda faltam alguns exames que esperamos que
sejam negativos. Isso é uma vitória para os Apicultores Paranaense e Brasileiros. Mas
todos os Apicultores devem manter a vigilância em seus apiários. Diante de qualquer
sintoma suspeito de Loque Americana as colônias deverão ser queimadas em uma vala de
pelo menos um metro de profundidade e os resíduos enterrados e comunicando as
autoridades competentes.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
A liberação para exportação: A Europa continua com o embargo de mel brasileiro.
Aguardamos á decisão dos órgãos responsáveis que em breve devem liberar a
comercialização de mel brasileiro. Por outro lado, mel e cera continuam em estoque
principalmente no Norte e Nordeste do País onde o consumo interno é muito reduzido.
Seleção: A FEPA recomenda que todas as Associações e apicultores isolados
promovam a seleção em seus Apiários. A colônias (colméias) são consideradas Matrizes
quando por 5 anos conseguirem a melhor produção (acima da média do apiário).
Sabemos que as abelhas africanizadas são altamente higiênicas, essa qualidade
contribui para a tolerância de parasitas e enfermidades. Também é notória a vantagem de
retirarmos dos Apiários as rainhas das colméias com baixa produtividade e
comportamento agressivo com baixa produção. Assim será possível aumentar a produção
média de mel nos Apiários.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Disseminação de parasitas e enfermidades: Todos sabemos do desastre ecológico que
vêem ocorrendo em muitos países pela presença de novos parasitas e enfermidades além
das suspeitas dos transgênicos. Portanto, ninguém deve importar rainhas ou matérias
apícolas que possam colocar em perigo a Apicultura brasileira que ainda não é dependente
de drogas e remédios.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Dia 28 de Setembro 2007, aconteceu no Auditório do Instituto Emater - Rua da Bandeira,
500 - Bairro: Cabral – Curitiba – Paraná, o I SEMINÁRIO PARANAENSE DE
MELIPONICULTURA, contando com a presença de mais de 200 pessoas.

O seminário teve como objetivos: - Promover a aglutinação de meliponicultores, técnicos,
pesquisadores e interessados na meliponicultura; - Sensibilizar a sociedade paranaense a
encetar iniciativas, visando á preservação das abelhas nativas sem ferrão; - Possibilitar o
intercâmbio e a difusão de tecnologias e conhecimentos relacionados à meliponicultura; -
Contribuir para o estabelecimento de políticas públicas, voltadas ao desenvolvimento
sustentável da meliponicultura paranaense, inclusive como opção de inclusão social,
geração de renda e bem estar social das comunidades rurais; - Capacitação e
conscientização das comunidades rurais, acerca da importância das abelhas sem ferrão
como agentes polinizadores.
A programação desenvolveu-se a partir das 9 horas com a abertura oficial, com as
presenças de Valter Bianchini (Secretário da SEAB), Erich Schaitza (Gerente Geral do
Projeto Paraná Biodiversidade) e Arnaldo Bandeira (Diretor Presidente do Instituto
Emater). A seguir das 9:30 às 10:30, deu-se a primeira palestra sob o
tema “Considerações sobre a utilização dos produtos da Meliponicultura na Homeopatia”,
com o Dr. Javier Gamarra, sob a coordenação de Adhemar Pegoraro (FEPA - UFPR).
Das 10:30 às 11:30, realizou-se a palestra "Criação racional de meliponíneos: uma
alternativa econômica entre os agricultores familiares amazônicos", com o Dr. Giorgio
Cristino Venturieri - (Pesquisador III - Embrapa Amazônia Oriental), sob a coordenação
de César Ronconi de Oliveira (Instrutor de Meliponicultura).
No período das 11:30 às 12:30, aconteceu a palestra "Meliponicultura e Aspectos da
Educação Ambiental”, com o Prof. Dr. Edson A. Proni - Dep. de Biologia Animal e Vegetal -
UEL - Londrina – PR, sob a coordenação de Paulo Luciano da Silva (Instituto Emater).
No período da tarde, das 14:00 às 15:00, foi a vez da palestra: “Módulo Agroecológico de
Meliponicultura em Mangueirinha, RPPN Paraná e Projeto Paraná Biodiversidade”, com
Ricardo de Paula Santos Naccarati (ONG RRPN PARANÁ), sob a coordenação de Marcos A
Dalla Costa (Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Mandirituba).
Das 15:00 às 16 horas, desenvolveu-se a palestra “Boas Práticas de Fabricação de Mel de
Abelhas sem Ferrão”, com o Carlos Alfredo Lopes de Carvalho - Professor Adjunto -
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - Campus Universitário, sob a coordenação
de Marcelo Bosco Pinto (SPVS – Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação
Ambiental).
A última atividade do seminário aconteceu das 16:00 às 17 horas, com o
Painel “Legislação, Registro e Comercialização de Méis e produtos da Meliponicultura”, que
contou com a participação de Ronaldo Santos de Carvalho (MAPA/SIPAG), João Carlos
Rocha Almeida (SEAB/DEFIS/SIP), Sebastião Ramos Gonzaga (APA), Eunice L. C. de
Souza (IBAMA - PR), Dennis N. Marques Patrocínio (IAP-DIBAP – CONFAUNA) e Maria da
Glória Paiva de Assis (INPA/ACAM - Manaus), sob a coordenação de Roberto de Andrade
Silva (SEAB/DERAL).

Fonte: DERAL – DEPARTAMENTO DE ECONOMIA RURAL - Editor Responsável: Roberto de
Andrade Silva - deral@pr.gov.br.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
4º CONGRESSO BAIANO DE APICULTURA: Ocorreu no período de 14 a 17 de agosto de
2007 na Cidade de Porto Seguro Bahia.

Os participantes vindo de diferentes partes do Brasil foram acolhidos no Centro
de Convenções que dispunha de ampla instalações e dotado de recursos didáticos de
grande valia. A partir do dia 15 de agosto realizaram-se palestras técnicas e cientificas
mini-cursos intensivos sobre criação de abelhas indígenas sem ferrão; produção e
comercialização de pólen; produção e comercialização de própolis; aumento da
produtividade apícola; subprodutos da apicultura; substituição e introdução de rainhas;
planejamento e administração de apiários e produção e processamento de cera de abelhas.
Uma vasta exposição de painéis: aproveitado salas e corredor evidenciavam os
aspectos em áreas temáticas: biologia, anatomia, produtos apícolas, meliponicultura,
melhoramento e sanidade apícola e manejo das abelhas. O enceramento solene se efetuou
as 17:00 do dia 17 de agosto no Salão Monte Pascoal 2. Agradecemos profundamente o
Apicultor e entusiasta Paulo Gustavo Sommer que representou o Estado do Paraná nesse
evento.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
XXXX– CONGRESSO INTERNACIONAL APIMONDIA 2007

No período de 9 a 14 de setembro de 2007 foi realizado o CONGRESSO
APIMONDIA/2007, em Melbourne, Austrália, um evento de elevada importância sob vários
aspectos, dentre eles para a promoção e atração de negócios para a Apicultura e para
intercâmbio tecnológico.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
NOTICIAS DA CBA

VITÓRIA BRASILEIRA

Apesar de não captarmos o evento de 2011, tivemos uma participação vitoriosa e digna da
Apicultura e dos Apicultores do Brasil. Divulgamos nosso país, nosso povo, a apicultura,
os apicultores, as praias, a flora, a fauna. Também cantamos, sambamos e demos o
melhor de nós. Destaco o estreitamento das relações com a diretoria da Apimondia e
Lideranças Apícolas de todos os Continentes. Fizemos tratativas com a França para
estarmos com destaque na Apimondia 2009. Estabelecemos metas com o Bloco Ibero
Latino Americano, que sinalizam cooperação e entendimento.

Vitórias brasileiras: aprovação e reconhecimento internacional da competência e estrutura
do Brasil para receber eventos ; - apoio da Fundação Banco do Brasil, Embratur; · quatro
stands da CBA na Expoapis apimondia 2007; · Conferências de Pesquisadores brasileiros; -
presença da APACAME e apicultores brasileiros ; a presença do DR.Fejó – residuos –
MAPA; visibilidade internacional para o setor apícola brasileiro; · concurso de mel
APIMONDIA 2007; - medalha de ouro – 1º lugar - mel escuro – Prodapys- SC; - medalha
de prata – 2º lugar - cera clara – Prodapys- SC; -

PARABÉNS ARGENTINA - Uma campanha de oito anos culminou na conquista do direito de
sediar o Congresso da Apimondia 2011, a qual parabenizamos. O espírito apícola das
lideranças de México, Brasil e Argentina esteve presente em todos os momentos da
disputa. Destaco a cordialidade, respeito e cavalheirismo em todos os momentos.
Porto Alegre, RS 22 Setembro de 2007 - José Cunha - Presidente da CBA –
jgcc@terra.com.br

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
ADENSSAMENTO FLORESTAL

Uma colaboração especial dos apicultores se refere ao plantio de espécies vegetais de
multiplica utilidade. Para tanto é necessário coletar sementes e fazer mudas das plantas
adaptadas á região formando jacás ou potes biodegradáveis a serem transferidos para as
áreas de preservação permanente, nas encostas ou nascentes aproveitando área livres ou
clareiras.
O plantio de mudas formadas deve ser realizado de preferência após chuva
colocando uma estaca de proteção para chamar a atenção no momento da vistoria.
A disseminação de diferentes espécies visa assegurar a floração e frutificação
em diversos meses do ano e dessa forma beneficiar a vida animal e vegetal.
As espécies vegetais utilizadas no adensamento florestal objetivam ainda a
formação de futuras portas sementes que espontaneamente ocuparão as áreas com
espécies desejadas.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------
PARTICIPAÇÃO DINAMICA DAS ASSOCIAÇOES DE APICULTORES

Sugerimos a todas as Associações de Apicultores do Estado do Paraná
realizarem campanha pela melhoria da qualidade dos produtos apícolas visando um
mercado mais produtivo e estável . Sugestões aguardamos o envio de sugestões para
dinamização de nossa Apicultura e do Associativismo apícola em nosso estado


Com as cordiais saudações


Adhemar Pegoraro
Presidente da FEPA -2007-2009.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------